domingo, 2 de julho de 2017

SUFLÊ DE BACALHAU

COM  MUITAS CLARAS


Vou guardando no congelador as claras que não utilizo de imediato. Após algumas semanas costumo ter muitas claras congeladas que posso utilizar em várias receitas, como esta que apresento hoje.


INGREDIENTES:

- 12 claras 
- 2 gemas
- 2 postas de bacalhau 
-1 ramo de salsa 
-1 colher de chá de flor de sal
- 2 colheres de AVEIA
-1 cebola
- 4 colheres de sopa de azeite.

PREPARAÇÃO:
Cozer o bacalhau e desfiar.
Pré-aquecer o forno a 180º.
Picar a cebola e a salsa. Alourar em azeite.
Bater as claras em castelo, com a flor de sal. Juntar as gemas, o bacalhau desfiado, a cebola com a salsa e a aveia.
Untar um tabuleiro com margarina e verter o preparado, espalhando-o de modo uniforme.
Levar ao forno por 15 a 20 minutos.

Servir com salada. 


POCHETE DE LUXO

Feita com cartonagem de CAIXAS de CEREAIS e sobras de tecidos.













BOLSA ECO JEANS 👖

PODE REUTILIZAR AS SUAS CALÇAS USADAS 

         Com algumas aplicações e outros tecidos de contraste pode ter uma bolsa prática e única!
         Neste trabalho, para além das calças de ganga,  reutilizei as peças de um colar e desperdícios de pele para fazer a borboleta e corações. 









domingo, 18 de junho de 2017

AVENTAIS FEITOS COM CALÇAS DE GANGA

COM BOLSOS EM FORMATO DE CORAÇÕES


                                         
BOTÕES FORRADOS MANUALMENTE

FECHAM COM BOTÕES OU LAÇOS.


PERSONALIZADOS

sábado, 10 de junho de 2017

MOCHILA COM SILHUETAS DE CAVALOS

      Os cavalos são, sem dúvida, uma das expressões mais dignas, nobres e belas da NATUREZA!

        Como já vos habituei, apresento mais um trabalho de ARTE(SANATO) SUSTENTÁVEL, ou seja amigo do ambiente. 
         As silhuetas dos cavalos foram feitas por mim com desperdícios de pele retirados de um sofá que ia para o LIXO. 

MATERIAIS: Desperdícios de pele e de tecidos de estofador, fechos partidos, camisa que serviu de forro, calças de ganga, fivelas e ferragens retiradas de uma mala velha.


             
                  


















domingo, 4 de junho de 2017

INÊS, UMA BAILARINA SOBRE PATINS


"A patinadora veste um arco-íris de lantejoulas e enche de brilho as cores do nosso olhar.
Sobre os patins ela parece até uma borboleta, os braços como asas soltas arriscando a bela coreografia de um voo.
Tão leve, ela desliza pelo vento soprada pela subtileza da música.
Ela faz piruetas, rodopia, salta, fica suspensa do espaço, mas no seu rosto dança sempre um sorriso e dentro dela vive o mais sereno e profundo equilíbrio: o encantamento de ser bailarina."

Texto de: Carlos Santos Oliveira

MOCHILA PERSONALIZADA

 MATERIAIS UTILIZADOS: Calças de ganga, retalhos de roupas, fechos, rendas, desperdícios de pele, fivelas e botões.








Algumas etapas